Não há Escola sem Alunos

 

A relação entre o indivíduo e o mundo que o rodeia, construída numa dinâmica constante com os espaços físico, social, histórico e cultural, coloca à escola o desafio de assegurar a preparação dos alunos para as múltiplas exigências da sociedade contemporânea.

Cidadania e Desenvolvimento - DGE

O projeto Não há Escola sem Alunos surge da vontade de ter uma Escola como um lugar seguro para aprender, mas também para viver, estar e divertir-se.

Alarga o trabalho desenvolvido no âmbito da Cidadania e Desenvolvimento para a vida escolar, promovendo uma maior responsabilização e colaboração dos alunos na utilização do espaço escolar (recreios, refeitório, etc.).

Foi desenvolvido face à necessidade de promover um maior envolvimento dos alunos na vida escolar e enquadra-se no âmbito da Flexibilidade Curricular.

O projeto Não há Escola sem Alunos é um projeto de Investigação-Ação, pelo que se encontra em constante desenvolvimento, de acordo com sugestões recolhidas junto dos diferentes intervenientes.

A ação deste projeto incide nos alunos do 5º e 7º anos.

Gerais

  • Responsabilizar e promover a cooperação entre os alunos da Escola Básica Sophia de Mello Breyner Andresen.
  • Facilitar a integração dos novos alunos na escola.

Específicos

  • Valorizar os alunos do 7º ano, através da responsabilização pela dinamização dos espaços comuns da escola.
  • Incentivar e motivar os alunos do 7º ano na integração e orientação dos alunos do 5º ano.
  • Incentivar a intervenção dos alunos do 7º ano, junto de alunos do 5º ano em situação de isolamento e agressividade nos espaços comuns da escola (verbal ou física).

Para além do publico alvo, o projeto envolve os seguintes intervenientes:

  • Diretores de turma de 5º e 7º anos
  • Professores de Cidadania e Desenvolvimento de 5º e 7º anos
  • Diretores de turma de 6º ano - para antecipar a participação dos alunos no próximo ano
  • Coordenação da Escola Sophia de Mello Breyner Andresen
  • Técnicos operacionais da Escola Sophia de Mello Breyner Andresen
  • Psicóloga da Escola
  • Equipa dos projetos
  • Eco-Espaço,  da Câmara Municipal da Amadora

As atividades desenvolvidas pelos alunos são definidas em conjunto com o Grupo de Alunos. Incluem:

  • Gestão de equipamentos e atividades, por parte dos alunos:
    • Gerir mesas de ténis e matraquilhos
    • Gestão de sala de materiais (cordas, elásticos, bola… berlinde…)
    • Tabuleiro de xadrez e damas no chão
  • “Monitores” Desportivos
  • Intervenção no embelezamento da escola
  • Realização de reportagens: fotografia…
  • Intervir junto de alunos isolados na escola
  • Criar “Espaço para Estar” mais acolhedores
  • Outras atividades propostas pelo Grupo de Alunos

As ações a desenvolver para a implementação do projeto incluem, entre outras:

  • Motivação dos voluntários, quer através dos objetivos como através da atribuição de pontos/créditos no âmbito da Educação para a Cidadania;
  • Criação de uma forma de identificação que promova a coesão do grupo dos voluntários (crachá, t-shirts, colete…)
  • Reuniões com diretores de turma de 5º, 6º e 7º anos
  • Criação de Grupos de Alunos (responsáveis pelas atividades)
  • Acompanhamento e Monitorização do trabalho desenvolvido (promovido pelos diretores de turma e professor Miguel)